SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 19 Junho 2021, 16:49

Orçamento de 39 milhões de euros «defende valores sociais e culturais»

O executivo municipal de Torres Novas aprovou, por maioria, com o voto contra do PSD e a abstenção do BE, em reunião extraordinária pública, que se realizou na terça-feira, dia 30 de outubro, o Orçamento Municipal e as Grandes Opções do Plano para o ano de 2019. Na nota introdutória de justificação do orçamento, o Presidente da Câmara, Pedro Ferreira, explicou que este orçamento contempla, entre diversos itens, a regularização dos vínculos dos trabalhadores precários, com o acréscimo de custos já assumidos por outras rubricas orçamentais. Há setores, disse, que vão ter «aconchegos», que se referem a acertos remuneratórios, valores que já vinham a ser assumidos, em especial com a situação dos precários, que a partir de 2019 entram para o quadro de pessoal. A proposta de orçamento do PS, disse ainda, vai «permitir melhor desempenho dos diversos setores da autarquia, com a natural melhoria do serviço público em Torres Novas».

 

Ler mais na edição impressa…

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados