SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 20 Junho 2021, 18:14

Beatriz Morgado, a Pipoca, uma menina especial

À chegada a casa de Zélia Galvão e de Nuno Morgado, em Vila Nova da Barquinha, depressa me deixei contagiar pelo encantador sorriso da Beatriz, a Pipoca Beatriz como é carinhosamente conhecida. Encontrei-a sentada no andarilho, maravilhada com o que visionava no pequeno computador, tal qual, uma criança da sua idade. Beatriz Morgado nasceu prematuramente e foi-lhe diagnosticada paralisia cerebral e uma ataxia associada, (um transtorno neurológico caracterizado pela falta de coordenação de movimentos musculares voluntários e de equilíbrio).

Depois de muitos, muitos exames de despiste, os pais da Beatriz encontram numa clínica médica privada em Espinho, a luz da esperança de ver a Beatriz, um dia talvez, completamente autónoma. Hoje com seis anos as melhoras são muitas e bem visíveis.

 

Ler mais na edição impressa…

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados