SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 09:59

O Guardião do Tejo denuncia atentado ambiental

O ambientalista Arlindo Consolado Marques, natural de Ortiga, concelho de Mação, de 51 anos, associou-se ao movimento PróTejo, tendo já denunciado imensos ataques ambientais na região. Trabalha como guarda prisional em Torres Novas e é para muitos identificado como O Guardião do Tejo. Como tem sido seu timbre em várias entrevistas que já deu, professa o seu amor ao Tejo e garante que não vai desistir de o defender.

No dia 25 de janeiro, Arlindo Marques fez mais uma denúncia de poluição no Tejo que se tornou viral e abriu os telejornais, obrigando o ministro a deslocar-se a Abrantes por causa do atentado ambiental de que o rio foi alvo. Poder-se-á dizer que não foi Arlindo Marques que obrigou o ministro a ir “in loco” ver a dimensão do problema, mas lá que teve uma grande influência na divulgação do que se estava a passar, disso não restarão dúvidas. O Almonda já tinha agendado uma conversa com o ambientalista que manteve o compromisso com o nosso jornal, apesar de ter sido muito solicitado por toda a comunicação social nesse dia.

 

Ler mais na edição impressa…

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados