SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 09:32

Os Caixinha de Música prometem dar que falar

São doze crianças com idades entre os oito e os doze anos. Em comum têm o gosto pelas canções de antigamente e pela dança. Em palco parecem verdadeiros profissionais, ao cantar e encantar miúdos e graúdos. São Os Caixinha de Música e prometem dar que falar.

Os Caixinha de Música nasceram no seio do grupo Cantares Vozes da Meia Via quando este iniciou a sua atividade em novembro de 2009. A Maria João e o Tiago, duas crianças que hoje integram o grupo infantil, acompanhavam este grupo nos seus espetáculos, uma vez que eram familiares de elementos do grupo e não podiam ficar sozinhos em casa. Nestas participações desde cedo que mostraram interesse em cantar com o grupo.

O Almonda falou com a coordenadora do grupo Fátima Rosa que nos explicou como cresceu o grupo.

“Eles cresceram e quando tivemos um convite da Misericórdia do Entroncamento para animar a festa do dia dos avós, entendi que seria oportuno juntar algumas crianças para dedicarem uma canção aos avós. Como resultou muito bem, estas crianças começaram a ensaiar outro tipo de músicas, desta vez mais direcionadas para a vertente infantil. No início eram quatro os elementos. Estrearam-se num espetáculo realizado no Teatro Maria Noémia quando a Associação esteve envolvida na iniciativa de “Um Dia Pela Vida”. A partir daí começaram a ter ensaios fixos e no ano passado entendi que o grupo podia crescer. Fizemos um casting para outros elementos, que foi levado muito a sério, em que dos jurados faziam parte os elementos mais antigos do grupo”.

Para ficar no grupo era necessário cantar afinado e as crianças serem desinibidas em palco.

De início, esta era apenas uma brincadeira, mas que se viria a tornar num projeto sério.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados