SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 20 Junho 2021, 17:49

Assembleia Municipal aprovou redução do IMI

Na terça-feira, dia 27, em sessão extraordinária da Assembleia Municipal foi aprovada a alteração do IMI, de acordo com proposta da Câmara. Assim em vez da taxa máxima o IMI vai ser reduzido para 0,39, tendo sido a alteração aprovada por maioria, embora o BE procurasse que a redução fosse ainda maior. Apenas por essa razão não houve unanimidade.

Ainda antes de se entrar na ordem de trabalhos da noite a deputada da CDU, Cristina Tomé, procurou que fosse agendada a discussão da proposta do Governo para a agregação das freguesias de Torres Novas. Luís Silva, o Presidente da Assembleia Municipal, prometeu agendar o assunto, sob proposta da CDU, para a próxima reunião. Cristina Tomé teme que seja «tarde demais» a discussão do assunto se a reunião ocorrer no final de dezembro.

Revogação do IMI

Coube a António Rodrigues, o Presidente da Câmara, explicar à assembleia porque razão a Câmara andou para trás na decisão e, em vez de aumentar o IMI, acabar até por reduzir. Contou o autarca que pela primeira vez, em quase 20 anos, a Câmara recuou numa decisão, mas tal aconteceu porque surgiram, já depois da aprovação da taxa, três dados novos. Desaparece a cláusula de salvaguarda; O excesso de IMI servirá para comprar dívida pública; Aumento das avaliações dos prédios urbanos. Estes três fatores conjugados iriam fazer disparar de maneira «brutal» o IMI a ser cobrado. Por essa razão a Câmara resolveu recuar, aprovando a taxa de 0,39 para IMI e de 0,7 para CIMI.

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados