SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Segunda-feira, 14 Junho 2021, 01:28

Experiência «satisfatória» da Feira dos Frutos Secos no Palácio dos Desportos

Realizou-se a 27ª Feira dos Frutos Secos, de 4 a 7 de outubro, desta feita no Palácio dos Desportos. Apesar das melhores condições do certame, reconhecido por público e por expositores, os comerciantes ficaram desapontados com o resultado das vendas.

De maneira geral foi essa a maior queixa dos vendedores, a falta de interessados em comprar, ou, como aconteceu com outros, de vendas reduzidas. Não que o cenário nacional não fizesse já esperar que assim fosse, mas quando se concretizou em fraco negócio houve quem dissesse a “O Almonda” que só voltaria a Torres Novas se fosse atrativo, ou seja, se não tivessem de fazer um grande esforço financeiro no aluguer dos stands.

Inaugurada na quinta-feira, com a presença do Secretário de Estado Paulo Júlio, a Feira foi uma «agradável surpresa», disse a “O Almonda”, mostrando-se convencido que com certames como o de Torres Novas se fortalece a economia local, principalmente para quem trabalha em atividades ligadas à agricultura e ao artesanato. Era também uma prova de que «as pessoas não estão de braços caídos», disse o Secretário de Estado, e que só por isso a Feira dava «uma mensagem importante».

Do lado da Turrisespaços, a empresa municipal promotora da feira, Pedro Ferreira, o vice-presidente da Câmara, numa análise ainda pouco aprofundada, pois os inquéritos de satisfação ainda não se encontravam concluídos, mostrou-se satisfeito com a iniciativa, sublinhando que tudo correu muito bem. Acrescentou ainda que a feira não foi feita a pensar em resultados para o município, mas sim para manter uma feira que já é tradição em Torres Novas, dando-se por satisfeito que as receitas cubram as despesas.

LML

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados