SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quinta-feira, 17 Junho 2021, 21:26

Bagão Felix marcou presença nas Festas do Padroeiro de Riachos e falou de solidariedade

Sob o mote, Fé e Palavra, Música e Alegria, Tradição e Arte, terminou no domingo, dia 17 de junho a IX Festa do padroeiro, em Riachos, e inserida nestes festejos em honra de Santo António, foi realizada uma conferência onde o convidado foi o ex-ministro da Segurança Social.

Bagão Felix veio falar da “Gestão da economia familiar em tempos de crise”, mas o economista não  dissertou acerca da crise económica que Portugal atravessa, referiu-se sim à crise de valores, também ela enraizada na sociedade atual.

“A crise resulta em primeiro lugar, não de causas económicas, mas sim da crise de valores, da crise ética, da diminuição de fronteiras entre o bem e o mal”, afirmou. “Quando não se sabe distinguir a fronteira entre o bem e o mal, alguma coisa está em risco. A esperança está em risco”, acrescentou ainda no Salão Comunitário de Santa Maria, perante uma assembleia composta por mais de 100 pessoas.

Nas palavras de Bagão Felix, enquanto que as leis distinguem o logal do não legal, a ética distingue o legítimo do não legítimo. “Não há nenhuma lei que proíba o ódio e mentira. E não nenhuma lei que nos obrigue à amizade, ou à lealdade. Problemas de ganância, de deslealdade, de individualismo exacerbado não dependem do cumprimento das leis. Não existem soluções financeiras para a resolução da crise de valores”, disse o economista.

Referindo Mahatma Gandhi, Bagão Felix disse que os sete pecados sociais enunciados por este homem em 1943, são hoje mais expressivos e atuais.

“Riqueza sem trabalho; prazeres sem escrúpulos; conhecimento sem sabedoria; comércio sem moral; política sem idealismo; religião sem sacrifício e ciência sem humanismo”, recordou.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados