SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 12 Junho 2021, 18:19

CDU acusa António Rodrigues de mentir

A CDU realizou uma conferência de imprensa, na sexta-feira, dia 25, para aborda a situação financeira da Câmara e para falar do diferendo entre a Câmara e a Associação Humanitária dos Bombeiros de Torres Novas.

O Dr. Manuel Ligeiro, deputado na Assembleia Municipal eleito pela CDU, socorrendo-se de elementos do Orçamento, que recolheu em documentos da Câmara, realizou um exercício académico de previsão da receita para o corrente ano. Sublinhou que os compromissos por pagar do município vão ter de se somar aos compromissos do corrente ano, o que aponta para uma situação delicada das contas do município. As dívidas em atraso a 31 de Dezembro rondavam os 10 milhões de euros, tendo até ao final do primeiro trimestre sido pago metade desse valor. Feitas as contas das receitas e despesas a Câmara terá 8 milhões de euros para fazer face a 38 milhões de euros. Conclui o Dr. Ligeiro que a Câmara vai ter «muita dificuldade» em gerar receitas para cumprir com as despesas de financiamento normal.

Ramiro Silva, outro deputado da Assembleia Municipal da CDU, reforçou a intervenção, deixando bem claro que estará em causa a prestação de serviços pela Câmara no futuro, pois esta apenas terá capacidade «para pagar salários e pouco mais».

«É mentira, não há acordo nenhum»

Foi Ramiro Silva que abordou na questão do protocolo, entre a Câmara e os bombeiros, acusando de pronto que António Rodrigues mentiu, pois «não há acordo nenhum» com os bombeiros. Entende a CDU que os protocolos estão em vigor entre a Câmara e os bombeiros.

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados