SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 22 Junho 2021, 00:37

“Septeto Fatal”, mais um êxito do “Panos”

O grupo de Teatro Juvenil do Virgínia apresentou na sexta-feira e no sábado, dias 20 e 21, no Teatro Virgínia a peça “Septeto Fatal”, de Alex Cassal, no âmbito do projeto Panos, promovido pela Culturgest.

Esta peça evoca o imaginário dos super-heróis, cujos poderes os diferenciam dos demais ao mesmo tempo que implicam outros desafios.  Fala de jovens entusiastas, capazes do impossível, mas nos quais também recai o peso do crescer, o preço do amadurecer “Septeto Fatal” é uma peça de teatro dentro de uma peça de teatro. Convida a sonhar e a derrotar o lado sinistro. Diz-nos que podemos ser o que quisermos, até super-heróis.

O grupo de Teatro Juvenil do Virgínia foi pelo terceiro ano consecutivo encenado por Suzana Branco, e contou antigos atores e também novos elementos.

O Almonda falou com Francisco Rodrigues e Ilpo Lalli, que entraram para o grupo nos anos de 2009 e 2010 e quis conhecer as suas experiências neste projeto.

Francisco Rodrigues logo que tomou contato com o projeto, decidiu inscrever-se e participar. Entrou no grupo de teatro em 2010 com a peça “Belavista”.

“Este ano com a peça «Septeto Fatal» quis exprimentar a outra faceta do teatro, a sua construção até ao resultado final com a encenadora Suzana Branco. Estive na ajuda das contruções dos cenários, na decoração de textos e adereços”.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados