SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 15 Junho 2021, 02:04

Reunião da Comissão de Utentes do Médio Tejo com população gerou grande interesse

p1_saude_grd

Depois de realizar três reunião públicas, uma em Tomar, outra em Abrantes e no dia 27 de Janeiro em Torres Novas, a Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT) rejeitou o plano de reorganização anunciado para o centro hospitalar e afirmou que este programa vem dificultar o acesso das populações aos cuidados de saúde.

Na noite fria da última sexta-feira, a sala de sessões do Montepio de Nossa Senhora da Nazaré, em Torres Novas encheu e os lugares sentados foram insuficientes para tão grande número de populares que quis comparecer nesta iniciativa da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo.

“A saúde é o melhor bem que a humanidade tem em Portugal. As várias vertentes de prestação de serviços têm de se vistos no seu conjunto, para que possa servir as populações da melhor forma, com o mínimo de sofrimento e custos para a população. Sessenta por cento das urgências hospitalares podiam ser resolvidas nas Extensões ou Centros de Saúde”, disse José Paixão, membro da direcção da CUSMT.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados