SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 16 Junho 2021, 02:58

“Sal da Vida” apresentado na Biblioteca

“Sal da Vida” da autoria da autoria de José Manuel Bento Sampaio encerra em si um conjunto de “estórias de um médico andarilho por África e Timor Leste”, nas palavras de Luís Dias, responsável da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, a quem coube fazer a apresentação da obra, na tarde de sábado, 8 de Outubro.

“O autor, médico-pediatra aposentado, colaborador voluntário da Assistência Médica Internacional e testemunha, em cada local, a importância dos valores da lusofilia, do humanismo e do altruísmo que deve nortear a solidariedade e o respeito pelos direitos dos seres humanos.

Com dois livros publicados e trabalhos apresentados em revistas de pediatria, José Manuel Bento Sampaio conta neste “Sal da vida” memórias de passagem, factos, pedaços de vida, suficientemente marcantes para intervir na melhoria das condições de vida dos povos da lusofonia”, apresentou o responsável.

Trata-se de um livro que fala sobre a “amizade, enquanto tempero da vida”, tal qual o sal que tempera os alimentos e lhes dá sabor.

“Verdadeiro intróito para os 4ºs Encontros da Lusofonia, o “Sal da Vida” é a justa dimensão de um périplo voluntário por Angola, incluindo Cabinda, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Timor, na dignificação do acto médico e na perspectiva pelos direitos humanos.

José Manuel Bento Sampaio predispõe-se a narrar pedaços de vida e as provações e anseios de diferentes mosaicos sociológicos tocados por dois denominadores comuns: a língua portuguesa e o respeito pela cultura, tradições e hábitos locais.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados