SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 23 Junho 2021, 04:23

«Cada um que assuma as suas responsabilidades» diz o Presidente dos Bombeiros

Arnaldo Santos, o Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Torrejanos, visado nas declarações de António Rodrigues, na última reunião pública de Câmara, no dia 19 de Abril, manifestou surpresa pelas declarações do Presidente da Câmara e declara por sua vez «cada um que assuma as suas responsabilidades».

Em declarações a “O Almonda” Arnaldo Santos explicou que em relação à ampliação do quartel a direcção dos bombeiros «fez tudo o que tinha de fazer» faltando só «comprar o terreno». Lembrou que no dia 5 de Outubro de 2008 foi estabelecido um protocolo entre a Câmara e os Bombeiros, assinado pelos dois presidentes, em que, entre outras coisas, se previa o empréstimo de um terreno para campo de treinos, a facilitar num prazo máximo de doze meses, onde se comprometia a disponibilizar a área necessária de terreno para a ampliação do quartel e onde se previa também que a Câmara participasse na elaboração dos projectos de ampliação do mesmo nos mesmos doze meses. Tudo isto foi protocolado, mas sem que houvesse a sua concretização.

A carta da Assembleia-geral dos Bombeiros

A “gota d´água” para António Rodrigues, como expressou na reunião de Câmara, foi a carta que recebeu dos bombeiros. Essa carta, explicou Arnaldo Santos, foi da autoria da Assembleia-geral, estando assinada pelo General Lemos Caldas, o Presidente desse órgão. Nela é dito que a Assembleia Geral dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, reunida no dia 29 de Abril, aprovou por unanimidade manifestar aos órgãos da autarquia do município a sua preocupação pelo avolumar da dívida do Município de Torres Novas à Associação, o que «pode pôr em causa o bom funcionamento da mesma e o consequente Socorro às populações». Foi ainda manifestado o seu descontentamento relativo ao sucessivo e prolongado adiamento da remodelação ou construção de raiz de um novo Quartel, pondo em risco a possibilidade de candidatura aos fundos comunitários do QREN. Uma cópia da carta foi endereçada ao Presidente da Câmara e outra ao Presidente da Assembleia Municipal, sendo que na última era pedido que a carta fosse distribuída às forças políticas representadas na Assembleia Municipal.

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados