SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 19 Junho 2021, 20:02

Salomé Rafael empossada Presidente da Nersant

 

Na quarta-feira, dia 30 de Março, Salomé Rafael, que até aqui fora vice-presidente da Nersant durante o mandato de José Eduardo Carvalho, assumiu a presidência numa cerimónia que foi aberta ao público e que contou com a presença do Ministro da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento, Vieira da Silva. Salomé Rafael obteve a vitória em Fevereiro, dia 28, dia em que os associados da Nersant decidiram o futuro da associação.

 

No seu discurso a nova presidente da Nersant aproveitou a presença do Comendador Rocha de Matos, Presidente da Associação Industrial Portuguesa, para destacar o trabalho do dirigente associativo, agradecendo-lhe a obra «em prol do associativismo português». Logo de seguida destacou também o trabalho de José Eduardo Carvalho à frente da Nersant e formulou o desejo de que tenha sucesso no novo cargo que vai ocupar, na Associação Industrial Portuguesa. Depois, olhando para o «cenário de incerteza e de dúvidas» que o país hoje vive disse que as empresas terão «um papel fundamental» para ajudar o país a sair da crise, acrescentando, «não podem esperar que sejam os outros a resolver os nossos problemas». Elogiou os empresários da região que têm sabido ultrapassar «as dificuldades do dia-a-dia». Estando o ministro na plateia reclamou para os empresários um acesso mais fácil ao crédito e menos morosidade na justiça. Reclamou ainda dos encargos fiscais e do preço da energia, avisando «não há condições para suportar mais impostos». Lançou ainda o repto para que se aproveite a crise para «eliminar a burocracia que consiste um entrave à economia». Salomé Rafael disse ainda que os empresários consideraram o “Simplex” positivo, mas insistem na necessidade de «ir mais longe». Salomé Rafael defendeu ainda a necessidade de se prosseguir os programas de apoio à internacionalização, apelando aos empresários que trabalhem em parceria, seja com outros empresários, seja com universidades ou centros tecnológicos.

 

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados