SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quinta-feira, 17 Junho 2021, 21:33

Serviço de Pediatria do Hospital Rainha Santa Isabel inaugurado

p3-f1_grd

 

«Pronto a servir as crianças»

 

Depois de muito esforço, empenho e dedicação o Serviço de Pediatria do “nosso” Hospital foi inaugurado com a devida cerimónia que a circunstância impunha na quarta-feira, dia 30 de Março, no auditório do Hospital.

 

Ermelinda Júlia, a directora do serviço, num discurso muito emocionado, agradeceu a presença de todos no acto solene e declarou que aquele era «um dia histórico para o Hospital». Lembrou que o serviço se destina a servir as crianças que são «vulneráveis e com direito a protecção». Numa pequena resenha dos serviços prestados contou que desde o ano 2000, data da inauguração do Hospital, já ali aconteceram 10 mil internamentos e anualmente são atendidas 30 mil urgências. Explicou em seguida que as obras foram necessárias para o Serviço de Pediatria porque o espaço de consulta era «desajustado» e que o novo espaço de ambulatório «veio melhorar as condições de serviço». Contou ainda que o projecto já havia nascido há seis anos e que as obras necessárias demoraram dois meses, tendo sido concluídas em Outubro de 2010. Mas faltava apetrechar o espaço, não havendo verbas para tal. No entanto o Serviço de Pediatria mobilizou-se e «está de parabéns». Ermelinda Júlia enumerou em seguida um longo rol de agradecimentos e concluiu agradecendo e dizendo que «é um privilégio dirigir um serviço assim».

 

O Dr. Aníbal Teixeira de Sousa, director do Departamento, enalteceu o esforço de todos e mostrou-se satisfeito por hoje o Hospital ter «uma urgência reestruturada e apetrechada para responder à sua população». Em seguida disse sentir alguma apreensão por se assistir à desertificação de alguns serviços, para logo depois mudar o diapasão para o dia de festa, dizendo que o novo espaço «é um orgulho», sublinhando que no contexto de crise «as crianças vêem o seu interesse considerado». Em conclusão declarou, «esta obra é uma pequena conquista». Aludindo à forma como os fundos para o apetrechamento do espaço foram conseguidos, com uma dinâmica social nada habitual, destacou a forma como «toda a sociedade se envolveu», destacando também o «relacionamento exemplar entre os serviços» para que a “Missão Pediatria” fosse um sucesso. Por fim agradeceu à Câmara Municipal de Torres Novas pela ajuda que esta deu para a compra de equipamento. A rematar a sua intervenção disse que todo o trabalho tinha um objectivo, o de «servir as crianças».

 

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados