SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 20 Junho 2021, 10:44

Um em cada quatro jovens é vítima de violência nas relações de namoro

 

Ainda no rescaldo do dia de São Valentim, uma reflexão em torno do lado menos cor-de-rosa do namoro.

 

Primeiro surgem as agressões verbais, depois vem a tentativa de controlar todos os minutos da outra pessoa, ou a proibição de falar com outros rapazes. Um em cada quatro jovens é vítima de violência nas relações de namoro.

 

Um estudo realizado pela Universidade do Minho revela que os comportamentos agressivos, na maior parte das vezes, são aceites como “naturais” ou “provas de amor” e por isso são frequentemente “desculpabilizados” e tidos como comportamentos normais.

A UMAR, (União de Mulheres Alternativa e Resposta), falou com as um grupo de 400 estudantes do ensino secundário e descobriu que um terço das jovens é vítima de violência por parte dos namorados.

 

De acordo com este estudo da UMAR 33% das inquiridas dizem-se vítimas de violência e 6%  foram mesmo agredidas.

 

Existe uma grande confusão entre violência e afecto, e quando os jovens se apercebem de que algo não está bem, já o ciclo de insultos e agressões físicas fazem parte do dia-a-dia. Os sentimentos de posse, de controlo absoluto, de ciúme doentio são ilusoriamente encarados como provas de amor por parte do ou da namorado (a).

 

Estes números são ainda mais alarmantes se tiver em conta que 80% deste universo não sabe identificar comportamentos de violência psicológica, como controlo de chamadas e mensagens ou comentários depreciativos.

 

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados