SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 09:56

Gama Henriques sai da Euterpe Meiaviense «para ver se a banda não é prejudicada»

 

Vitor Gama Henriques, o ex-presidente da Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, endereçou uma carta aos sócios da colectividade e à população da Meia Via, onde faz uma análise do seu trajecto ao longo de 18 anos à frente da colectividade.

 

A propósito da carta que endereçou aos sócios e à população, lida na Assembleia-geral de dia 14 de Janeiro da Euterpe Meiaviense, Vitor Gama Henriques acedeu conversar um pouco com “O Almonda” sobre o seu conteúdo.

 

Uma grande parte da sua missiva lembra como a SFEM cresceu, granjeando reconhecimento nacional, nomeadamente através da medalha de Mérito Cultural da República Portuguesa, atribuída em 22 de Fevereiro de 1997, tornando-se na primeira e, durante muito tempo, a única associação com banda filarmónica a deter a distinção. «Há 18 anos nunca tínhamos saído do distrito. Depois percorremos o país inteiro e até fomos a Itália e Espanha», recordou.

 

A insatisfação com a Junta de Freguesia

 

Na mesma carta Gama Henriques mostra-se insatisfeito com a actuação da Junta de Freguesia, reclamando que desde que existe a freguesia da Meia Via que a Euterpe passou a receber menos apoio, na ordem dos 50% ou mais em relação a apoios anteriores da Junta de Santiago. Reclamou também por em 2009 não ter recebido qualquer apoio da Junta de Freguesia quando diz ter conhecimento que outras colectividades receberam nesse mesmo ano, perguntando, «Porque será?» e logo acrescentou questionando, «e em 2010 recebemos 350 euros. Quanto receberam as outras associações da Meia Via?».

 

Gama Henriques suspeita que fosse por sua causa que a Euterpe estivesse a ser prejudicada, razão porque voluntariamente se afastou do cargo de Presidente. Por ter essa convicção lançou-se a adivinhar, «agora que a direcção mudou vamos ver se [a Junta] continuará a não apoiar a Sociedade».

 

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados