SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 16 Junho 2021, 11:39

Aprovado o novo Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo

 

Na segunda-feira, dia 3, realizou-se uma Assembleia Municipal Extraordinária para concluir os trabalhos iniciados a 22 de Dezembro. Desta vez a reunião teve menos pontos polémicos e os trabalhos desenrolaram-se de forma célere.

 

O que ainda gerou alguma discussão foi projecto de Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo, com as diferentes bancadas a expressarem pontos de vista contrários. Ramiro Silva, da CDU, começou por considerar a terminologia “apoio” correcta, substituindo a palavra “subsídio”. Logo depois deu o mote para o resto da discussão, dizendo que o novo regulamento é «muito burocratizado» e que não se encontra preparado para acolher novos projectos. Pedro Ferreira, o vice-presidente da Câmara, contrapôs dizendo por sua vez que o regulamento não apresenta dificuldades de maior e acrescentou, «não acredito que haja alguma colectividade do concelho que não seja capaz de apresentar as suas dúvidas à Câmara», mostrando-se convencido que podem ultrapassar sem dificuldade as exigências que o novo regulamento faz. Fernando Zuzarte Reis, do PS, defendeu por outro lado que a Câmara deverá ter cuidado na atribuição de apoios enquanto que António Gomes, do BE, também alinhou pelo diapasão da CDU, considerando que o novo regulamento é «impeditivo» a que surjam novas associações. Henrique Reis, do PSD, procurando serenar a discussão disse então que Torres Novas «ficará menos-mal se manter o espírito de associativismo que tem» e acrescentou, «se o regulamento for ao encontro disso dar-nos-emos por satisfeitos». Falando com a autoridade de quem é dirigente da Zona Alta o Presidente de Junta de Santa Maria, Pedro Morte, procurou contrariar os argumentos da CDU e BE dizendo que as colectividades «sempre estiveram abertas a receber os mais novos» e que a nova proposta «veio criar melhores condições para os dirigentes».

 

O regulamento acabou por ser votado com 31 votos a favor e 3 abstenções. Na mesma reunião foi ainda aprovada a cedência da EB1 de Pé de Cão à Fundação EcoServis e foi aprovado o projecto de Regulamento da Gestão da Habitação Social da Câmara Municipal de Torres Novas.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados