SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 22 Junho 2021, 08:17

Motocross espectacular em Alqueidão

p1_alqueidao_grd

A prova de Alqueidão proporcionou um intenso espectáculo de motocross, com mangas a ser muito disputadas e com animadas lutas pela vitória. Sandro Peixe e João Vivas foram os vencedores na categoria de Amadores, enquanto Jorge Maricato venceu na classe de Cadetes (Iniciados).

 

A prova, a contar para o campeonato regional Centro-Sul/ Rómoto, teve a sua sexta jornada em Alqueidão. A etapa era pontuável para as classes de Amadores, Cadetes, Minis e Minimotos. A prova que registou mais pilotos foi a da classe de Amadores, com 36 pilotos em pista.

 

A classe de Amadores registou também o despique da tarde mais animado, logo na primeira manga. João Vivas foi ultrapassado por Sandro Peixe no início da corrida, mas na ponta final conseguiu chegar bem perto do seu competidor directo, tendo a diferença entre os dois se cifrado em apenas dois décimos de segundo. Nessa prova o terceiro, Fábio Maricato, chegaria à meta quase um minuto depois. O arranque desta manga foi também marcado por uma queda colectiva, logo na primeira curva após o arranque, tendo-se instalado alguma confusão, pois um bom número de concorrentes, cerca de dez, caiu. O terceiro classificado, que esteve envolvido na queda, teve de acelerar para chegar perto dos concorrentes da frente.

 

Na segunda manga João Vivas depressa se colocou na frente e conquistou terreno. Fábio Maricato e Sandro Peixe arrancaram no meio do pelotão, melhorando depois as posições ao longo da prova. Perto do final da prova conseguiram chegar perto do líder, mas Vivas resistiu à pressão para conquistar a vitória, com 1,5s sobre Maricato e 2,8 sobre Peixe.

 

Na da classe Vintage (Motos Antigas) estiveram em acção uma dezena de competidores. Manuel Tomé liderou nas duas mangas, mas em ambas teve de desistir já perto do final – na antepenúltima e penúltima volta, respectivamente. O vencedor acabou por ser Rodrigo Castro e Luís Guerra foi 2.º na primeira manga, lugar que foi ocupado por Nuno Martins na outra manga.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados