SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 22 Junho 2021, 20:44

No novo ano lectivo é tempo de fazer contas à vida

 

O início do novo ano lectivo ainda vem longe, mas os pais já começam a fazer contas à bolsa e as superfícies comerciais fazem saldos às antigas colecções e as papelarias já decoraram as montras com as novidades do material escolar. Com a crise que se atravessa as famílias acautelam-see algumas reservam mesmo parte do subsídio de férias para ajudar ao bolo das despesas do material escolar.

 

O preço dos manuais escolares vai subir 0,4 por cento para o ensino básico e 1,5 por cento para o ensino secundário, segundo o acordo entre o Governo e as editoras, lê-se na edição desta terça-feira do “Diário de Notícias”. A este aumento não deve acrescentar-se a subida do IVA, uma vez que este será suportado pelas editoras. No entanto, os encarregados de educação vão pagar mais do que no ano passado pelos livros escolares.

 

Se fizermos as contas a uma criança que vá para um primeiro ano, entre cadernos, lápis, afiadeira, e borracha, lápis de cor e marcadores, manuais escolares e mochilas, os pais podem preparar-se para uma conta que pode ultrapassar os 70 euros. E estamos a falar de um primeiro ano. E ainda depende da mochila que for, e se é a última moda do desenho animado que está na moda ou não, ou se a opção passar por um troley que é sempre mais caro.

 

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados