SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 25 Junho 2021, 14:42

Arraial de S. João no CRIT com casa cheia

 

O grande número de viaturas paradas à porta do CRIT dava o primeiro sinal. Esta iria ser uma grande noite de arraial, pois a comunidade torrejana havia respondido em peso a esta iniciativa que é mais uma tradição da instituição mais acarinhada de Torres Novas. No Sábado, dia 19, o CRIT realizou, pela quarta vez, o seu “Arraial de S. João” e à semelhança das anteriores foi um retumbante sucesso.

 

O sucesso da iniciativa será facilmente mensurável pela adesão das pessoas. Eram centenas no espaço onde o arraial decorreu. Tão grande número de pessoas deixou o Presidente do CRIT, Pedro Ferreira, com um enorme sorriso no rosto, pois pôde sentir de perto o carinho que as pessoas nutrem pela casa que ajudou a criar.

 

Este “Arraial de S. João” começou como um convívio sem grandes ambições, mas o sucesso da iniciativa foi tal que se viram obrigados a repetir ano após ano. A direcção viu também que era também uma oportunidade de «angariar fundos e juntar uns amigos», comentou Pedro Ferreira. Felizmente, contou ainda o mesmo interlocutor, o CRIT tem um espaço óptimo para realizar este tipo de acontecimentos que são também momentos de abertura à comunidade.

 

Mesmo a animação da noite é feita de forma gratuita, seja ela de entidades exteriores ao CRIT ou a “prata da casa”. Seja como for o sucesso das marchas está sempre garantido e é um dos momentos mais esperados da noite. Esse… e o jantar que pelos comentários que se ouviram estava a contento.

 

A “Marcha do CRIT” foi preparada ao longo do ano, pois faz parte do programa de actividades pedagógicas. Este ano participaram 14 marchantes que contaram ainda com a colaboração do grupo de cantares do CRIT, composto por 26 elementos.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados