SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 22:13

Nersant fala em «oportunidade de investimento» na Rússia

 

Na segunda-feira, dia 22, a Nersant promoveu em Torres Novas uma sessão de apresentação das oportunidades de investimento no mercado Russo, sendo este descrito como «uma oportunidade de investimento» e para a internacionalização das empresas.

 

«A maior preocupação das empresas é o financiamento, quando se fala em internacionalização», começou por recordar em primeiro lugar o representante da Nersant, António Campos, pois a banca retraiu-se no crédito ainda mais após a recente crise. Por outro lado a Nersant, perseguindo o repto lançado por vários economistas, promove uma missão empresarial a Moscovo, de 5 a 11 de Abril, procurando ajudar os empresários do distrito a lançarem-se no processo de internacionalização do seu negócio.

 

Carlos Julião, da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), explicou por sua vez que é fundamental saber-se «como é que o mercado funciona», se há a intenção de se proceder à internacionalização do negócio. É essa a razão de ser da iniciativa “ABC Mercados”, que visa prestar informação generalista sobre os diferentes mercados. Existe depois um outro programa que se chama “Como vender em…”, ao qual as empresas podem recorrer junto da AICEP.

 

Pedro Patrício é o especialista do mercado da Rússia que esteve presente na sessão de esclarecimento. Falou num mercado «cheio de oportunidades para as empresas portuguesas que tenham produtos com uma mais valia». Depois lembrou que a Rússia é o maior país do mundo, mas onde o grande centro de consumo se localiza em Moscovo, daí que a aposta passe essencialmente por esse mercado. Moscovo tem cerca de 10 milhões de habitantes, mas com o fluxo diário atinge os 17 milhões de pessoas. Há também uma grande discrepância no poder de compra, aconselhando-se por isso as empresas interessadas a investir neste mercado para que o façam para um determinado nicho, especialmente para os nichos onde «os compradores não olham para o preço». Pedro Patrício descreveu um mercado que proporciona «grandes margens de lucro» e que estas irão «continuar a existir».

Luís Miguel Lopes

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados