SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 23 Junho 2021, 12:01

25º Festival da Canção Infantil e Juvenil de Torres Novas – Pró-CRIT

 

A comemorar 25 anos de canções inéditas, sobe ao palco do Teatro Virgínia o sorriso e a alegria de um CORO constituído por 40 crianças, apostados na vontade de recriar um ambiente de fantasia e alegria, para acompanharem 12 intérpretes, representantes das diversas regiões do país, verdadeiros embaixadores da causa solidária “O CRIT”: Escalão Infantil: Sancha Madalena Fonseca, Salomé Silveira, Joana Rodrigues, Sofia David, Maria João Gonçalves, Beatriz César. Escalão Juvenil: Joana Batista, Ana Rita Gomes, Inês Sofia Anjos, Sérgio Daniel da Silva, Diana Vilarinho, Ana da Silva e Cristiana da Silva.

 

O CRIT – Centro de Reabilitação e Integração Torrejano com o apoio de uma Comissão Organizadora levará por diante O 25º Festival da Canção Infantil e Juvenil, que terá lugar a 17 de Outubro, às 16horas, em Torres Novas. Para apresentar o 25º Festival teremos connosco a simpática presença de Olga Diegues, Apresentadora de Televisão e Actriz, acompanhada por Jorge Branco, Apresentador e Director de Programas da Torres Novas FM, que se solidarizaram com este evento.

 

A canção vencedora absoluta do “25º Festival da Canção Infantil e Juvenil de Torres Novas – Pró-CRIT”, representará, este festival, no “19º Festival Caravela de Ouro” da Vila de Povoação em S. Miguel – Açores. As restantes canções classificadas serão agraciadas, conforme a classificação com: NICA de OURO; NICA de PRATA e NICA de BRONZE. Este evento de cariz Social reverterá a favor do CRIT – Centro de Reabilitação e Integração Torrejano, um mundo onde se dá lugar à Esperança.

 

CORO do 25º Festival da Canção Infantil e Juvenil de Torres Novas, Pró-CRIT, grava CD no Teatro Maria Noémia

 

Já em contagem decrescente para o Festival, o Coro Infantil & Juvenil passou mais uma etapa deste longo percurso, Desta vez, as quase 40 crianças estiveram em gravação do CD no Teatro Maria Noémia, na Meia Via, que simpaticamente nos cedeu o espaço.

Foi um dia de trabalho árduo para as crianças e para a afinação das suas vozes, pois a brincadeira deu lugar à seriedade de um trabalho musical que marcará o 25º Festival. A manhã começou às 10horas com a gravação do CORO para os 12 temas que serão apresentados. Foi feita uma pausa para um pequeno lanche, no largo da Igreja da Meia Via, onde o Sol nos deixou os seus brilhantes raios. De novo ao estúdio o trabalho prolongou-se até à hora do almoço. Mas a fome falou mais alto e por isso apanhámos o autocarro do CRIT que nos levou até ao Torres Fórum, que nos ofereceu um apetitoso almoço para retemperar as forças.

 

Seguiu-se de novo a gravação com a força, o sorriso e a vontade de vencer um grande desafio. Os trabalhos chegaram ao fim, com eles o cansaço e o direito a uma pausa bem merecida “O regresso a casa”. À porta do Teatro já estavam os pais para levar os seus filhos de volta e ouvirem o relato de mais um dia diferente nas suas vidas.

 

Centro de Reabilitação e Integração Torrejano

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados