SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Segunda-feira, 14 Junho 2021, 00:02

Mercado da Defesa pode ser apetecível

Chegou a estar prevista a vinda do Ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, na Nersant no dia 21 de abril, para dar a conhecer às empresas as oportunidades de negócio nesta indústria. Só que, por razões que não foram avançadas, o ministro não apareceu.

O seminário, uma iniciativa do idD – Plaraforma das Indústrias da Defesa Nacionais, em parceria com a Nersant, teve por alvo todas as empresas que forneçam ou prestem serviços no âmbito da defesa e segurança, como bens, serviços e tecnologias de duplo uso, que vão desde o software, aos têxteis, calçado, ou catering. O idD está a organizar por todo o país, um ciclo de conferências sob o tema “Economia da Defesa – Uma oportunidade estratégica para Portugal”, para divulgar junto da comunidade empresarial, as oportunidades de negócio deste setor de atividade.

O mercado em causa gera interesses na ordem dos 1,72 mil milhões de euros anuais e é responsável por cerca de 20 mil empregos altamente qualificados em Portugal. Figueiredo Lopes, Presidente da Eurodefense, antigo ministro e um dos oradores, destacou as oportunidades que o mercado oferece, com muitas oportunidades especialmente ao nível internacional.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados