SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 25 Junho 2021, 01:12

A saudade de Natália Canais Nuno apresentada em livro entre amigos

Depois de «Pesa-me a Alma», o primeiro livro de poesia da escritora e poeta lapense Natália Canais Nuno, editado em maio de 2011, surge um segundo, igualmente dedicado à poesia de nome “A Melodia do Tempo”.

A apresentação de “A Melodia do Tempo” foi feita no último domingo, dia 23 de março, na Taberna do Aspirante, em Lapas.

Com a tarde soalheira, aquele espaço foi-se enchendo de conterrâneos e amigos da poeta que a esta se quiseram associar nesta apresentação que esteve a cargo do poeta conterrâneo João Repolho.

“Neste meu livro prevalece a saudade… saudade do tempo vivido com alguns travos de solidão. É comum em todos os poemas, a renovação salutar do viver o dia a dia com esperança acompanhada do sonho sem trilhos de desespero. É portanto uma saudade sem ressentimentos, sem amargor obsessivo, bem pelo contrário é uma saudade de tempos que sabe bem recordar e creio que o leitor também vai rever-se neles”, explicou Natália Canais Nuno referindo-se á temática central deste livro.

“Os poemas deste livro são feitos de emoções, onde as origens surgem sempre com nitidez, falo da natureza daquilo que recordo da infância e que ainda hoje habita meu coração e minha mente. Este livro está impregnado de saudade que me afaga agora o outono da vida”, disse ainda.

«A melodia do Tempo» está preparado há muito, mas só agora se reuniram as condições para a sua saída, uma vez que nas palavras da escritora, “os tempos não estão fáceis e então precisei aguardar o momento certo. Como escrevo diariamente, tenho poemas já preparados para um novo livro, dependendo do acolhimento deste por parte dos leitores”, salientou.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados