SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 20 Junho 2021, 17:25

“As Sete Vidas da Banda Operária” apresentado entre amigos

Foi apresentado no último sábado, dia 26, na sede da Banda Operária Torrejana, o livro «As Sete Vidas da Banda Operária», da autoria de João Carlos Lopes.

Dezenas de amigos quiseram comparecer nesta curta cerimónia de lançamento da obra.

Coube a António Fernando Coelho, professor de história na Escola Maria Lamas e amigo de longa data de João Carlos Lopes, fazer a apresentação do livro.

“Estamos aqui, portanto, porque a História nos reúne, porque alguém nos contou uma história e vimos aqui para conhecê-la.

Por isso eu, que venho aqui para vos apresentar essa história, devo lembrar o seu autor, não porque ele nos seja desconhecido, mas porque mais uma vez, nos testemunha o seu enorme interesse pelas coisas da sua e nossa terra, um interesse que se transforma em paciente procura de datas, nomes, lugares, acontecimentos; que remove das sombras personagens esquecidos e testemunhos que dão novos sentidos às coisas que conhecemos. O João Carlos Lopes tem sido, por isso, um dos pacientes construtores do nosso álbum de memórias coletivas, acrescentando-lhe páginas ou convidando-nos a vê-lo com renovado interesse, incluindo novas figuras, diversificando temáticas, alargando perspetivas de análise. Que não é um trabalho fácil, sabem-no todos aqueles que alguma vez experimentaram esta busca no tempo, esta tentativa de escutar os seus ecos, de reunir o que está disperso, de seguir indícios quase desfeitos, de extrair da poeira os mais ténues sinais de vida”, começou por dizer o professor.

“O João Carlos Lopes conseguiu dotar a Banda Operária de Torres Novas com uma obra assente no respeito pelos documentos sobreviventes, numa interpretação que afasta equívocos e que obedece a rigores e métodos de construção inerentes à produção historiográfica. Porque, e é disso falamos, «As sete vidas da Banda Operária» é um livro de História, um livro da História que nos é mais próxima, a história das nossas gentes e das nossas coisas.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados