SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 15 Junho 2021, 19:58

Operação “Adrenalina”: 2 jovens em prisão preventiva

 

Foi desencadeada uma mega operação intitulada “Adrenalina”, nos dias de 26 a 28 de Fevereiro, pelas forças de segurança, com o objectivo de atenuar o aumento, fora do normal, de furtos a viaturas e residências no concelho de Torres Novas.

Na operação “Adrenalina”, que mobilizou 56 militares coordenados pelo Destacamento da GNR de Torres Novas, foi efectuada a detenção de três indivíduos, com idades compreendidas entre os 18 e os 21 anos. Após terem sido presentes ao Tribunal de Torres Novas, Sexta-feira dia 28 de Fevereiro, foi aplicada a medida de coacção de prisão preventiva a dois dos indivíduos e a apresentação trissemanal no posto da GNR de Torres Novas para um terceiro elemento. Este último está ainda impedido de se ausentar da localidade onde reside e de contactar as pessoas envolvidas no processo.

 

Nesta mesma operação foram ainda recuperados pela GNR dois veículos furtados e diversos materiais provenientes dos furtos efectuados.

Desde há dois meses que se vinha registando um aumento de furtos a viaturas e estabelecimentos, tendo estes crimes vindo progressivamente a agravar-se com o recurso à força e violência na via pública, efectuados, alegadamente, pelos mesmos indivíduos. 

 

Pelos factos que se vinham a desenvolver, o Destacamento de Comando da GNR (Guarda Nacional Republicana) de Torres Novas pôs em acção, na semana anterior, esta operação especial para tentar erradicar ou pelo menos atenuar este tipo de criminalidade.

 

Recurso à investigação criminal

 

Houve, numa primeira fase, todo um trabalho de análise feito com recurso à investigação criminal e, numa segunda fase, um trabalho de articulação com o Ministério Público. Finalmente, numa terceira fase, montou-se um dispositivo adequado com vista à detecção, intercepção e detenção dos indivíduos suspeitos.

   

Balanço extremamente positivo

 

O Balanço da operação, que se concluiu com a detenção dos três indivíduos, foi considerado pelas forças de segurança envolvidas como extremamente positivo, porque crêem ter posto fim a esta rede organizada. Por fim, é de registar que esta operação, “Adrenalina”, só foi possível e se agilizou graças à coordenação entre as diversas forças policiais e o Ministério Público.

 

Isabel Maia

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados