SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 23 Junho 2021, 13:08

Casa das Rendufas, Turismo Rural com Figos

p1_f1_grd2

“A sorte trouxe sorte”, assim define João Vieira a ideia pioneira de comercializar figo em calda, um negócio de família, cuja comercialização já ultrapassou as fronteiras do nosso país.

Herdou o figueiral juntamente com os irmãos do seu pai, na localidade de Rendufas. Os cinco irmãos formaram uma sociedade agrícola que explora os cerca de seis hectares de figueiral onde estão plantadas duas mil figueiras.

Há cerca de dez anos, o terreno onde hoje se encontra o figueiral, tinha uma maior variedade de árvores de fruto. Figueiras de figo preto, olival, amendoeiras, alguma seara e ainda uma pequena vinha deram lugar ao atual figueiral onde crescem figos pingo mel, sendo que metade deste ainda se encontra em crescimento.

A título de curiosidade existem em Portugal 110 variedades de figo, entre as quais se encontra o figo lampo, muito comum no concelho de Torres Novas, onde a comercialização de figo seco tem uma forte implementação.

Não é comum encontrar nos tradicionais hipermercados figo fresco à venda, pois trata-se de uma fruta muito sensível, de forma que como escoar tão grande quantidade de fogo pingo de mel era um problema para João Vieira.

Aqui entra o fator sorte, quando há vários anos atrás uma vizinha ofereceu a João um frasco com figo em calda. Nas suas palavras uma receita antiquíssima e que a sua avó lhe tinha deixado. Depois de provar tão famosa iguaria e rendido ao seu paladar e com a receita do figo em calda na mão, foi apenas deitar mãos à obra.

Durante três a quatro semanas, nos meses de agosto e setembro, conforme a colheita, as duas irmãs Preciosa e Herminia não têm mãos a medir entre as panelas, a água, os figos e o açúcar. Depois é só acondicionar em frascos os figos, sob a marca registada de Casa das Rendufas. O segredo da receita, esse não foi desvendado, para não estragar a alma do negócio.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados