SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Segunda-feira, 14 Junho 2021, 16:55

Inaugurada a nova Igreja de Cardais

p1_cardais_grd

Foi inaugurada no sábado, dia 22 de junho, com pompa e circunstância e na presença dos habitantes de Cardais, orgulhosos da obra feita, a Igreja de Cardais. Será caso para dizer que o homem sonha e a obra nasce, neste caso o povo de Cardais sonhou e com muito sacrifício, a obra nasceu.

A velhinha Capela de Cardais há muito que se tinha tornado insuficiente para os cerca de 200 habitantes daquela localidade. E o sonho de construir uma nova Igreja ganhou força há cerca de cinco anos atrás, quando os habitantes uniram esforços e meteram mãos à obra na realização de festas e peditórios porta a porta, de forma a juntar a quantia necessária para a construção da nova Igreja.

Faltava no entanto o terreno para a construção da mesma. Um problema que parecia estar resolvido depois da desativação da antiga escola primária da localidade. No entanto, era necessário o consenso de toda a população, uma vez que deitar uma escola abaixo nem sempre reúne a simpatia de todos.

Feito um abaixo assinado que foi entregue e aprovado nos órgãos competentes, a Câmara Municipal de Torres Novas cedeu o direito de superfície à Fábrica da Igreja de Cardais por um período de 65 anos, renovável a partir dessa data, e as obras de construção da nova Igreja decorreram durante cerca de um ano.

No total a obra ficou em 150 mil euros, não estando ainda toda a despesa paga na totalidade, disse a O Almonda Manuel Jorge, membro da Comissão da Igreja de Cardais.

As receitas das festas anuais que se avizinham, e que terão lugar de 8 a 11 agosto reverterão para ajudar a acabar de pagar o avultado investimento.

A obra nasceu ainda graças a um apoio da Junta de Freguesia da Brogueira e de empresas e anónimos que quiseram dar o seu contributo.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados