SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 10:46

Iniciativa “À Conversa com…” veio a Torres Novas

Tendo por pano de fundo o tema “Doenças mentais e impacto na sociedade” a Segurança Social trouxe a Torres Novas a iniciativa “À conversa com…”, que pretende pôr em diálogo os diferentes agentes da área social do distrito, no âmbito das plataformas supraconcelhias da Rede Social. O encontro teve lugar no dia 6 de junho, no auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes.

Participaram na iniciativa Tiago Leite, diretor da Segurança Social de Santarém, Pedro Ferreira, vice-presidente da Câmara Municipal de Torres Novas e presidente do CRIT – Centro de Reabilitação e Integração Torrejano, e Luísa Delgado, diretora do Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Pedro Ferreira, que se apresentou como alguém que não é técnico, mas que acompanha há 36 anos o CRIT, uma instituição que também cuida da doença mental, entende que a cooperação entre os diferentes agentes de acção social e o envolvimento estratégico com a população é um factor fundamental para a reabilitação e inclusão social dos doentes mentais, sublinhando a necessidade de que haja uma rede social «a funcionar em pleno». Elogiou a escolha do tema para debate, considerando que é latente na sociedade atual, agravado pela crise económica e social que todos vivemos e que as doenças mentais representam 1/3 das doenças não transmissíveis. No plano nacional, no campo estatal, destacou a criação de um Programa Nacional Para a Saúde Mental e da criação de um Conselho Nacional de Saúde Mental, com o objectivo de se apresentarem projectos oficiais e legislação conducente a dotar o país de instrumentos de resposta. Foi nesse contexto que surgiu a ideia da criação de um Fórum Sócio Ocupacional, destinado à reabilitação e inclusão social de pessoas com Doença Mental, a gerir pelo CRIT, tendo até já sido criadas as instalações, tecnicamente preparadas para tal, num edifício junto da “Tarambola”, na Rua Alexandre Herculano, na cidade. Dentro de dias, anunciou também Pedro Ferreira, vai ser iniciado um projecto designado “Diagnóstico das Pessoas com Deficiência Física ou Doença Mental” no concelho, iniciativa de grande importância social e científica e que servirá como instrumento de trabalho para o futuro, no sentido de se procurarem as melhores respostas para os mais diversos casos que vierem a ser identificados. Este estudo, fez Pedro Ferreira questão de o dizer publicamente, só será possível porque contaram com o apoio da Fundação Maria Isabel e Renato Gameiro.

LML

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados