SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 15 Junho 2021, 16:56

Jovens que querem ser Missionárias

Ainda no rescaldo das Jornadas Mundiais da Juventude, O Almonda falou com as quatro jovens que acompanharam a Irmâ Alice Ferreira, da Congregação das Missionárias Beneditinas de Tutzing em Torres Novas, nesta viagem ao Brasil e que regressaram a Portugal na semana passada.

Em comum têm esta forte vivência por terras de Vera Cruz, mas também um grande espírito missionário. Juntas formam o grupo “Jovens Missionárias do Amor” e nos seus corações habita o desejo de um dia partirem em missão. O Almonda quis saber como foi na primeira pessoa a experiência das Jornadas mundiais e o que move estas jovens que sonham ser missionárias.

A Carolina Duarte é uma jovem riachense. Particiou este ano pela primeira vez numa Jornada. A experiência não podia ser mais rica.

“Esta foi a primeira Jornada que participei e foi uma ótima experiência, pois vim de lá muito mais rica tanto a nível cultural, pois conheci pessoas de diversos países, como a nível espiritual.

O ponto mais alto desta experiência foi puder ver com os meus próprios olhos, e também vivenciar, os milhões de jovens com o mesmo objetivo e com imensa Fé”, disse a jovem Carolina.

O desejo de querer fazer um tempo de missão levou-a a juntar-se às colegas e integrar o grupo “Jovens Missionárias do Amor”

“O que me levou a querer entrar neste grupo foi precisamente poder vir a fazer experiências de missão. É um sonho vir a fazer um tempo de missão, porque gosto de ajudar os mais necessitados, apesar de haver também cá em Portugal pessoas que precisam da nossa ajuda, tenho mais vontade de ir para o desconhecido ajudar os mais necessitados”, explicou.

Um sonho que no caso da Carolina se vai tornar realidade em breve. Será já durante este mês que a Carolina partirá para Angola. A jovem falou-nos das suas expetativas.

“As expetativas que tenho para esta missão são poder vivenciar o voluntariado junto das pessoas que se possível nos agradecem a ajuda com um simples sorriso e para nós isso vale muito mais do que qualquer bem material”

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados