SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 16 Junho 2021, 12:14

Poder político local assiste à tomada de posse dos bombeiros

Mais um sinal de normalização das relações institucionais entre o município e os bombeiros torrejanos foi dado na quarta-feira, dia 28 de Janeiro, quando o poder político local foi convidado e marcou presença na tomada de posse dos novos órgãos sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros de Torres Novas. Marcou presença o Presidente da Câmara, representantes dos eleitos na Assembleia Municipal, representantes das juntas de freguesia e o vereador do PSD.

Após o ato da tomada de posse, Arnaldo Santos, reconduzido na presidência, enalteceu em primeiro lugar o corpo de bombeiros, endereçando em seguida palavras de agradecimento à equipe que o acompanha em mais um mandato. Realçou a presença do Presidente da Câmara, Pedro Ferreira, lembrando que este é o primeiro responsável pela proteção civil do concelho. Explicou em seguida que se recandidatou por entender que no mandato anterior não tinha alcançado todos os objetivos a que se tinha proposto, mas recusa assumir a derrota e prefere olhar o futuro. Recordou que os estatutos dos bombeiros diz que a primeira obrigação da direção é de manter o corpo de voluntários e que são os bombeiros os principais agentes da garantia da proteção civil. Disse ainda a propósito que bombeiros sem proteção civil podem existir mas, o contrário, «é que não». Arnaldo Santos aproveitou a presença de Pedro Ferreira para lhe dizer que as câmaras com bombeiros municipais têm de despender 10% do seu orçamento para garantir a sua atividade, pelo que, ao ter bombeiros voluntários, o esforço económico do município não tem comparação.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados