SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Segunda-feira, 14 Junho 2021, 01:12

Reunião sem oposição termina em quatro minutos

Nem o vereador do PSD, nem da CDU, marcaram presença na reunião de Câmara de terça-feira, dia 25, onde esteve todo a equipa do PS. De acordo com a informação dada pelo Presidente da Câmara, António Rodrigues, os vereadores justificaram a ausência. Mas essa ausência abriu a porta a outro recorde. Em apenas quatro minutos a reunião estava terminada.

Como observou a vereadora Manuela Pinheiro no final desta sessão, com uma reunião onde estão apenas os executivos, como chegou a ser projetado com reforma da lei das autarquias, as discussões serão inexistentes, pois, como é de esperar, os vereadores preparam as reuniões e pouco mais têm para discutir. Apenas no confronto com outras forças políticas os munícipes conseguem ir percebendo um pouco mais, por força das explicações que são dadas aos vereadores. Porventura teremos assistido a uma mostra do que nos reserva o futuro se essa lei vier a ser aplicada.

Além da rapidez da aprovação dos vários pontos da ordem de trabalho, todos aprovados por unanimidade, exceto um em que Pedro Ferreira não pôde votar por conflito de interesse – por ser administrador da Turrisespaços, ficou para a história nesta reunião a entrega da antiga escola primária da Meia Via ao Centro Social do Divino Espírito Santo, da mesma localidade.

LML

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados