SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 09:52

Candidata à Câmara do Bloco de Esquerda visitou instituições sociais

Na segunda-feira, dia 3, Helena Pinto, candidata à Câmara de Torres Novas pelo Bloco de Esquerda, visitou duas instituições de cariz social. A primeira em Assentis e a segunda em Torres Novas.

O Centro Social de Assentis impressionou Helena Pinto, por ser uma obra muito «positiva», com Centro de Dia, Lar, Creche, Universidade Sénior e Centro de Convívio. Helena Pinto classificou-o como de um «bom exemplo» da capacidade das forças vivas que respondem aos problemas das populações. Sublinhou também que ali encontrou uma equipa grande e jovem, muito «motivada», o que lhe deu especial satisfação. Em resumo disse ter ficado «muito bem impressionada» com a resposta social que a instituição oferece, pois tem várias valências que se complementam umas às outras.

Em Torres Novas o Bloco de Esquerda visitou a Santa Casa da Misericórdia, que, como é do conhecimento público, desempenha «um papel muito importante no concelho». No entanto Helena Pinto diz ter ficado apreensiva pelas informações ali recolhidas, considerando que se trata de informação «preocupante». Os casos de pobreza estão a aumentar e os pedidos de ajuda à Misericórdia já aumentaram também. Já não são só pedidos para a comida, mas sim também de emprego e ajuda para pagar a água e a luz. Um retrato social que «confirmam as piores expetativas», disse a candidata. Contou que a Misericórdia lhe transmitiu que ainda vai conseguindo responder aos pedidos que aparecem, só que «com crescente dificuldade». Para Helena Pinto, que também é deputada na Assembleia da República pelo BE, o Governo tem de dar resposta a estas instituições, pois são elas que «estão a resolver os problemas do nosso país» e que por isso «merecem ser ajudadas».

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados