SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 23 Junho 2021, 04:12

Um dia com Sylviane Rigolet

 

O Agrupamento Vertical General Humberto Delgado teve o privilégio de receber, na sua Biblioteca Escolar, a Drª. Sylviane Rigolet, especialista na área das competências de leitura a um nível precoce – quando os nossos meninos e meninas ainda são “rabinos” e traquinas. A actividade, que viria a ser divulgada com o nome “Brincolagem – Escrever para Ler e Escrever-se para se Ler”, tinha sido programada pela Biblioteca Escolar de Riachos, no âmbito do Projecto Educativo do Agrupamento e dos objectivos da Rede Nacional de Bibliotecas Escolares em que se encontra integrada.

 

Entre sonhos e desilusões, chegada a hora de começar, no dia seis de Março se juntaram os nossos pequenos infantes, em torno da fada Sylviane que trouxera, no seu coche, uma enorme bagagem de saber, para uma viagem de fantasia, e torres de livros deslumbrantes. Três grupos, apenas, de meninos e meninas, todos entre os cinco e os nove anos, porque também eram só três as partes do nosso dia.

 

Estava o sol nas suas voltas, já em direcção ao poente , quando escolhiam um lugar, em volta da Drª Sylviane, todos os que aqui nas redondezas conseguiram chegar perto dela, procurando os seus ensinamentos para melhor “ensinar” o prazer de ler,   para um dia se unirem nessa luta em prol do saber: o meu, o teu, o seu saber… aquele que nos torna únicos … e mais fortes para enfrentar as contrariedades da vida.

     

Noite adentro, menos foram os passos a subir pela escada da Biblioteca, para a Acção de Sensibilização para a leitura. Porém, muito maior seria o afinco usado em cada degrau. Há dias em que, mesmo esgotados, ainda despontam forças para algo extraordinário, há dias em que se prolonga o dia, para além das forças. Outros dias virão, pelos filhos, pela sua educação. Leitura, um jeitinho, afecto e muito carinho. “Eu sei disto + tu tens jeito para aquilo = ele poderá lutar por um futuro melhor”.

     

Gratos à Biblioteca Municipal do Concelho, gratos às bibliotecas escolares do Concelho que, em conjunto com professores e convidados proporcionaram leituras para (quase) todos os gostos.

     

Agradecimentos especiais dirigimos às nossas mães, aos nossos pais, pelo “mal” e pelo bem que fizeram, para sermos mais e sempre mais a saber ler e escrever.

 

Elisabete Freire

Prof ª de LP

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados