SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 19 Junho 2021, 17:15

Editorial

Quando passamos por situações dolorosas é bom sabermos que não estamos sós; é bom sentir um braço amigo que nos ajuda a erguer e a suportar o peso da vida. A presença do outro, na doença ou na morte nada altera, aparentemente, a realidade. Mas o outro ao postar-se ao nosso lado diz-nos que está ali comungando da nossa dor, partilhando do nosso sofrimento.

A solidariedade diz-nos que não estamos fechados na solidão. E o que parece insuportável transfigura-se e, por mais pesada que se apresente a situação, a solidariedade irmana-nos uns com os outros partilhando a mesma condição humana. É isto que é ser humano: estar com o nosso semelhante na sua fragilidade, nas situações mais precárias da vida.

Por estes dias os meios da comunicação têm insistentemente noticiado a tragédia ocorrida em Málaga com a criança que caiu num profundo e estreito poço. Não sabemos neste momento qual vai ser o desfecho de toda esta situação. Mas olhamos com alguma emoção para a solidariedade com que tantos acorreram com meios ou com a simples presença para dizer aos pais da criança que eles não estavam sozinhos na dor.

Para além do desespero podemos ser construtores da esperança. E tudo isto me leva a pensar num conto de Sophia que nos diz que por mais fundo que seja o abismo onde caímos do outro lado está alguém para nos ajudar.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados