SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sexta-feira, 18 Junho 2021, 22:37

Portugal é o rosto da Europa

Fernando Pessoa no seu poema “O dos castelos”, da obra “Mensagem“, colocou a Europa como se fosse uma personagem principal, “posta nos cotovelos”. Contudo, a personagem em destaque no mesmo poema é Portugal, porque lhe chama rosto dessa Europa, conferindo-lhe a importância própria da porta de entrada ocidental do continente europeu. É claro que os espaços referenciados são o marítimo e o aéreo, hoje cada vez mais importantes no que se refere à globalização, aos negócios, exportações, ao turismo e à cultura. Tenha-se em conta que a “Mensagem” foi publicada em 1934 e o poeta sonhava com o chamado “quinto império”, como o padre António Vieira, mas no nosso tempo, obviamente, tendo-se perdido esse sonho que vem da Bíblia, outros desafios se levantam ao país, e cada vez mais exigentes. Neste contexto, não deixa de ser significativo que quando passava os olhos pelo poema, também se ficava a saber que o Eurogrupo ia ser presidido pelo nosso ministro das finanças, Mário Centeno e se pagava ao FMI.

Por outro lado, os jornais dão a conhecer um investimento da Google em Oeiras, a envolver umas centenas de postos de trabalho, ao mesmo tempo que também a Amazon vai instalar-se no país e a hotelaria a querer expandir-se no Algarve e Alentejo. Entretanto, em Davos, na Suíça, reuniu-se a elite económica e política mundial, donde parece ressaltar o meio-termo entre globalismo e nacionalismo, tendo o discurso de Trump entusiasmado pouco. Mas não somos só europeus, até porque abrimos as portas ao mundo, por isso a África e o Brasil têm de continuar nos nossos horizontes, além de Timor, Macau e Goa. Por isso, hoje, além de continuar a ser rosto da Europa, o país tem de ver o mundo todo e, como se depreende, de forma diferente do princípio do século passado.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados