SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 15 Junho 2021, 16:19

Os jovens começam a dar nas vistas

Quando acompanhamos o crescimento de perto duma criança mesmo que não tenha laços de sangue nossos, sentimo-nos contentes. Falo na primeira pessoa, por mim. Dou muito valor às crianças do mundo inteiro. Aqui ao meu lado existem várias crianças. Em geral andam no jardim infantil, ou na escola primária, mas para além disso, ocupam o seu tempo com actividades extra curriculares. Uns praticam natação; outros vestem personagens no teatro; outros andam na banda da música e outros jogam futebol. Aos fins-de-semana correm livremente nestas ruas a lembrar o Portugal dos Pequeninos em Coimbra.

Todos nas suas diversificadas áreas dão o seu melhor. Aprendem caindo com os seus erros, mas o objectivo principal é serem alguém futuramente. Mas para isso, quem os orienta tem de os saber motivar.

Deixem-nos crescer nos clubes de futebol. Se o jogador está a evoluir não os ponham em campo apenas a 10m da 2ª parte como acontece muitas vezes. Isso não é justo. Claro que é bom não esquecer os jogadores mais velhos, mas deixem-se das amizades pessoais acima do potencial nato dos jogadores. Quando existe esse compadrio no interior de qualquer associação ou clube, não se sai da mesma linha.

Orgulho-me destes jovens que antes andei com eles ao colo. Já são uns homenzinhos e para mim continuam a ser os “meus” meninos. É um carinho, uma ligação enorme.

Por isso escrevi este artigo dedicado aos jovens das nossas vidas que começam a dar nas vistas, mas que precisam também do apoio, segurança e honestidade dos seus professores, treinadores e da sociedade.

Deixem-nos voar como balões multicolores nos céus livremente.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados