SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 22 Junho 2021, 08:08

SARAU CULTURAL ESAG 2010

 

21h30m duma noite fresca de inicio de Junho. Ao longe vozes de miúdos e graúdos ecoavam no ar. O Teatro Virgínia abriu os seus braços e recebeu um público entusiasta e feliz. Entrei com a multidão e sentei-me na confortável cadeira da sala. Recordei-me do primeiro filme que ali vi “ Pipi das Meias Altas “.

 

Por o palco passaram alunos da ESAG que desempenharam os seus papéis, para mim, na perfeição. Encarnaram as suas personagens duma maneira muito profissional, deixando espantado qualquer actor que pensa que sabe ser actor, porque é giro e tem piada.

           

Vi poesia, vi vontade, luta, dedicação, entrega e amor por uma escola que no seu conjunto geral educa e constrói o futuro de todos os que ali estudam.

           

A simplicidade dos cenários encantou-me, o movimento dos corpos alinhados, bailando a um ritmo certo, levou-me em pensamento para o meio deles. Adoro o palco, pisar um palco e sentir toda a adrenalina positiva sair de dentro do meu ser.

           

Enquanto as fotografias passavam no ecrã não vi nenhum funcionário. Eu sei que as pessoas não fazem por mal, mas estes seres humanos são um dos principais intervenientes para um estabelecimento de ensino funcionar. Sem eles, as fotocópias não se tiram; as sandes não se fazem; as salas não são limpas. Sem eles as escolas param.

           

Também já fui auxiliar de acção educativa. Comecei em Boleiros (Fátima) passando por Alcanena e terminei por motivos de saúde na ESAG. O que mais me orgulha é manter ainda o contacto das pessoas que conheci. Nesses anos dei um pouco de mim aos outros e por isso é um prazer receber um sorriso, um cumprimento simpático sempre que encontro algum colega ou algum professor.

           

Sendo assim deixo aqui um desafio aos meus colegas. Será que para o ano que vem irei vê-los no palco do Teatro Virgínia? Vocês têm talento, vocês conseguem. Mas por favor não me vão dizer que não podem ir, porque estão a ver o Dragon Ball (risos).

           

Para terminar um grupo de professores e uma funcionária deram um espectáculo de luz, cor e alegria. Não posso deixar de comentar e de aplaudir todos vocês, mas que me perdoem vou destacar uma pessoa que fez vibrar o público. Falo de si Sr. Professor Pedro Silva. Com todo o respeito que lhe tenho, deixe-me dizer-lhe que o Sr. foi um furacão em palco.

           

Qual Jonh Travolta qual quê? O Sr. entrou, dançou e arrasou com a sua vivacidade e força dum verdadeiro bicho de palco, como se diz na gíria teatral.

           

Deixo aqui o meu agradecimento a todos que levaram em frente este projecto. Todas as horas que passaram a ensaiar, a orientar os alunos valeram a pena.

           

Aos jovens da Escola Secundária Artur Gonçalves de Torres Novas nunca deixem de sonhar e de realizar os vossos sonhos. E preciso acreditar e continuar a lutar.

 

                                                               aguianegra@hotmail.com

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados