SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Segunda-feira, 21 Junho 2021, 23:33

Mostrar o que é nosso

No fim de semana passado (11,12,13 de Setembro) a Praça do Peixe abriu as suas portas para receber a 1^Amostra do Associativismo Torrejano. No sábado de manhã fui visitar o espaço. Fui ver do que se tratava aquele certame. Tirei fotografias e conversei com as pessoas que pertenciam às associações. Vi o orgulho em cada membro das várias associações ali presentes. Nem sempre é fácil seguir em frente, mas com coragem, teimosia e boa organização as coisas vão acontecendo. E ali pude ver alguns exemplos de continuidade e responsabilidade como é o caso da União Desportiva da Zona Alta que tem lançado grandes atletas nas suas variadas áreas desportivas e este ano conseguiram trazer a corrida de São Silvestre novamente; também o Cine Clube de Torres Novas possui um vasto percurso mostrando filmes, documentários, curtas-metragens por eles criados. Neste evento tinham um conjunto de postais muito interessantes desde o primeiro filme que passaram até hoje; soube que a Banda Operária Torrejana nasceu em 1873 e até hoje se mantém ativa; a saúde também não foi esquecida com o grupo esclerose múltipla que tem os seus associados e tem ajudado muitas pessoas com esses problemas; os amigos do hospital Rainha Santa Isabel também marcaram presença. A arte também não foi esquecida com o NAR, a Taacto. Na música e na dança esteve representado o Rancho Folclórico de Torres Novas e o Rancho Folclórico do Casal Sentista e o Choral Phydellius.

Muitas outras associações estiveram presentes, mas fiquei encantada com a enorme manta que estava suspensa no teto do espaço. Linda e muito bem tricotada. Espero que mais pessoas fossem ver o que é nosso e participassem nos jogos tradicionais e não só. O serviço de bar também não faltou.

No meu entender valeu a pena este evento para mostrar as nossas raízes, o que se pode fazer e vai fazendo na terra de Gil Pais. Quero deixar aqui os meus parabéns a quem organizou esta mostra e espero que seja para continuar.

Já agora deixo um pedido à senhora Autarquia para organizar na arejada e bonita Praça do Peixe a feira do livro em conjunto com o festival do arroz doce lá para Dezembro. O espaço tem tudo para esta feira se realizar. Vá lá, não deixem morrer esta feira tão doce e rica em cultura.

Madalena Monge

aguianegraenator@gmail.com

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados