SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 15 Junho 2021, 20:22

Insistência ilimitada

Na época que vim ao mundo não havia televisões a cores, nem telemóveis, computadores ou qualquer outro engenho tecnológico. Vivíamos com o que tínhamos passando a maior parte do dia na rua a brincar aos polícias e ladrões, ou às escondidas. Éramos felizes.

Actualmente a sociedade é bombardeada com uma miscelânea de produtos de comunicação. Só compra quem quer e pode. Mas o mais grave é muitas vezes a publicidade enganosa quando se trata de pacotes com muitos canais de televisão, Internet, telefone fixo e telemóvel a um preço reduzido nos primeiros 6 meses por exemplo. Após esse período o preço duplica ou triplica. Porque os avisos a letras minúsculas quase nunca se vêem.

O que me deixa com o cabelo em pé são os telefonemas dessas campanhas. Os funcionários ganham uma comissão por angariarem novos compradores desses pacotes.

Na semana passada ligaram para o meu telemóvel com a mesma cantilena. Eu respondi que não estava interessada em ter outros canais. Expliquei-lhes que não sou dependente de ver televisão e por isso bastavam-me os 4 canais portugueses. Depois o funcionário de voz simpática insistiu tanto, que lhe perguntei se ao fim do tempo da promoção se podia rescindir do contrato. Atrapalhou-se na resposta dizendo-me que antes da campanha terminar podia procurar outro pacote mais barato, mas nunca me deu certezas se podia rescindir o contrato. Há que ter muita atenção quando se entra neste bailinho.

Como recusei e ainda não estando satisfeitos, desta vez uma funcionária ligou para o meu telefone fixo e sem mais nem menos pedi licença e desliguei o aparelho. Devia haver uma lei que proibisse estas lavagens de cérebro, porque se uns aderem por gosto ou moda, outros tantos são enganadas descaradamente.

Haja paciência!

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados