SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quarta-feira, 16 Junho 2021, 11:00

Olhos doces com sabor a ternura

De mochila às costas e cadeira ao ombro, lá ia eu rua abaixo para a praia. Sempre de manhã para aproveitar a maresia flutuante dum mar que amo. Com o burburinho da rua transitável a viaturas andava pelo passeio tranquila e contente por ter saúde e poder usufruiu de dias de férias na praia da minha vida. Numa dessas passagens matinais encontrei-a. Estava à janela, sentada numa cadeira sorridente. Trajava de negro, mas os seus olhos transmitiam calor e harmonia.

Cumprimentei-a, afaguei-lhe o rosto, trocávamos dois dedos de conversa e até logo. Vim embora, mas aquela mulher nazarena sentada à janela ficará no meu coração. Se fosse pintora eternizava-a numa tela.

Ontem o grupo coral no qual faço parte foi convidado a participar numa festa de aldeia e tive o prazer de conhecer um senhor com a respeitosa idade de 85 anos, onde vi aqueles olhos explodindo de alegria. Não resisti e tirei uma fotografia com ele e com uma coralista do coro onde estou que tem 82 anos cheios de energia positiva.

Tenho um forte carinho por pessoas idosas, lembram-me os meus avós e a minha bisavó. Para eles tenho sempre um tempo, nem que seja uns minutos, gosto de ouvi-los contarem-me as suas histórias. Gosto de lhes sentir a pele engelhada nas minhas mãos; de os abraçar; de partilhar com eles a beleza da vida, mesmo que por vezes seja amarga.

Aprendo muito com eles e dão-me força para caminhar contra as mentes venenosas que andam por aí espalhadas.

É urgente proteger os velhinhos, que continuam a ser abandonados nos hospitais, nos lares pela própria família. Fico revoltada quando vejo um filho ou um neto a maltratar um pai ou uma avó.

Um abraço para todos os velhinhos do mundo.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados