SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 13 Junho 2021, 15:42

11 Anos meu pai

Com a primavera a brotar por toda a planície alentejana, nascera a 28 de maio de 1944 José Evangelista Guerreiro Monge, em Pias, concelho de Serpa, distrito de Beja. Filho de uma cozinheira de mão cheia e de um polícia atento; cresceu nos campos de ceara onde o céu era o limite. Rapaz bonito se tornou, trabalhador e jocoso na sua maneira de falar e de andar. Muitos corações de raparigas se encantaram por ele.

Em 1065 ingressou no serviço militar estando primeiro em Elvas como soldado recruta em cavalaria

No mesmo ano, em fevereiro passou aos testes psicotécnicos para condução de viaturas e no dia 24 de julho embarcou em Lisboa, no navio Vera Cruz com destino a Angola, pertencendo à PM (polícia militar).

Em África mágica e perigosa encontrou a força de lutar e de viver tão longe da sua família e do seu país. Sempre pronto para uma brincadeira, arranjou um macaco de estimação, que o acompanhava para todo o lado; percorria com o jipe os capins misteriosos.

Em Nova Lisboa foi moço forcado, participando com os colegas em grandes pegas.

Felizmente regressou ao seu amor, ao seu Portugal saudoso que o recebeu de braços abertos.

Veio parar a Torres Novas onde as condições de vida eram melhores e por cá ficou, até que um acidente lhe tirou o sorriso; lhe tirou a alegria de viver. Partiu na linha de comboio eterno a 1 de março de 2003.

E hoje passados 11 anos, parece que foi ontem. Continuamos a recordar-te como eras e orgulhosas do guerreiro que foste.

Um abraço eterno de tua mulher e filha

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados