SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Quinta-feira, 17 Junho 2021, 21:27

Passeio dos livros

Falar de livros é falar de histórias cruéis ou fantásticas, onde tudo se pode transformar, onde o irreal passa a ser real. O livro é um amigo silencioso que nos permite voar, tranquilamente a mundos explosivos de sentimentos subjetivos. Existem livros enormes e pesados. Outros tantos pequenos e leves que cabem numa bolsa de mão.

O escritor que dá corpo e alma a uma história é um pensador nato, um observador dum futuro longínquo. Não há limites no dicionário do escritor. Ele sente o pulsar da natureza, pois é ela que lhe dá o papel que veio da árvore robusta e verde. O escritor é um vagabundo de capa negra que percorre caminhos imaginários para preparar a sua fórmula mágica.

Cabe aos leitores escolherem o que mais lhe aprouver. Os preços são realmente puxados, mesmo em feiras com descontos devidos. Mas em qualquer lugar encontram-se livros de baixo preço, como os livros do preço azul que variam entre os 2€ e 10€. Se gosta de ler e não tem recursos monetários, pode deslocar-se a uma biblioteca municipal, onde pode ler as notícias do dia e levar livros para casa. Acontece em outras terras e acontece na nossa cidade. Há que ter ideias criativas e saber contornar a crise, não deixando o vazio cultural instalar-se em cada mente.

E uma dessas ideias que eu acho fundamentais para abrir novos caminhos de leitura, foi o que a biblioteca Gustavo Pinto Lopes teve, ao colocar uma banca no mercado semanal. Entre as hortaliças, o pão e carne está lá a banca dos livros. Uma lufada de ar fresco sim senhor, com as suas simpáticas e acolhedoras voluntárias que assim recebem as pessoas com alegria, explicando-lhes qual o objetivo do projeto.

Se ainda não conhece esta banca, passe lá. Se tiver livros no sótão que já não quer, pode deixá-los lá também.

Agora que vem aí feira medieval a toda a velocidade porque não colocar lá uma banca de livros? Com certeza que o sucesso estaria garantido.

“ A Literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida:” (Livro do Desassossego- Fernando Pessoa, p. 128)

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados