SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 20 Junho 2021, 16:16

Praias fluviais no Rio Almonda?

Mais ou menos por todo o país, onde existam rios de média dimensão, onde as suas margens possam sugerir locais de prazer para as comunidades, tudo se tem encaminhado para a criação de muitas praias fluviais, que se têm multiplicado por zonas antes afastadas do turismo e que nos nossos dias servem às mil maravilhas para serem substitutas das nossas praias de mar, muitas e muito belas, mas que apenas dão aos utilizadores, o sol, o mar e a areia e muita confusão, e para quem quer descansar passou a ser moda variar, procurar os verdes das florestas e a frescura dos campos, a calma e o encanto de represas fluviais, a paz de espírito e o rejuvenescimento do stress diário e são muitos os que buscam esses locais privilegiados. Nessas regiões e lembro apenas por exemplo, a região de Pedrógão Grande, de Góis, do Agroal, dos Olhos de Água e em muitas outras o desenvolvimento turístico tem sido bastante razoável. Ora acontece que o rio Almonda, tem desde a sua nascente, vários locais paradisíacos que poderiam ser mais bem aproveitados e chamar até nós muitos turistas, desenvolvendo o concelho e mostrando a todos os que nos visitassem o valor da nossa gastronomia e dos nossos produtos agrícolas, bem apelativos. Aliás antigamente, as nossas gentes faziam romarias aos fins de semana para usufruir das sombras das florestas e da frescuras das águas do nosso rio. No Vale, às portas da cidade, temos a Ribeira do Alvorão, perto do Parque de Campismo, que com relativamente pequenas despesas se poderia transformar numa bela praia fluvial e coloco-me ao lado de todos aqueles que têm solicitado isso mesmo, juntando à sua a minha humilde voz. Um local com bom apoio de praia, sanitários, chuveiros, bar e restaurante típico seria um ótimo início de que Torres Novas e o nosso Almonda se tornasse conhecido pelo rio das praias fluviais. Pois para além desse local, todos conhecemos a “praia” dos Mesiões, a “praia do Choupal da Ribeira”, a já existente “praia da Ribeira Branca”, que poderiam tornar o nosso Rio como um polo turístico inédito e de numa área relativamente pequena, se transformasse o nosso Rio Almonda como o paraíso das praias fluviais no centro do país, respeitando-se o que a natureza nos dá e sem recurso a artificialismos exagerados. Pequenas e belas praias, com a nossa boa gastronomia a ajudar, seriam um excelente cartão de visita para trazer até nós, mais e mais visitantes, que dessa forma também visitariam o nosso castelo, as grutas de Lapas, o Paúl do Boquilobo, o Museu Carlos Reis e muita coisa de interesse que temos na nossa cidade e que urge dar a conhecer. O nosso Almonda, finalmente despoluído, e esse será sempre o ponto de partida, passaria a ser conhecido como o Rio das Praias do Centro de Portugal, e os nossos frutos secos, o nosso figo preto, os cabritos cozinhados pelos nossos mestres sem estrela “Michelin” e repito, as nossa praias fluviais, seriam e penso que possam vir a ser a nossa realidade futura. Temos bons arquitetos e bons técnicos que podem fazer os estudos adequados a essas praias. A coisa a fazer-se terá que ser pensada e ponderada, feita a pouco e pouco, etapa a etapa. A ideia que repito não é minha, penso que tem pernas para andar. Assim quem pode que mande e estude e os munícipes que ajudem, com críticas sim, mas de preferência construtivas.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados