SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 19 Junho 2021, 16:30

O Comandante

Morreu Francisco Paiva.

Foi na madrugada de sexta feira, dia 9 de Abril.

Morreu o Comandante.

Bombeiro de dia e noite, o Comandante da genuinidade de ser bombeiro, o voluntário.

Foi assim na vida, genuíno e Amigo.

Comandante dos Bombeiros Torrejanos, a Honorário chegou.

Merecidamente!

Foi naturalmente comandante porque com naturalidade lidava com os seus pares e deles granjeava o respeito e a simpatia.

a Câmara, liderou todo o processo da instalação dos serviços de Protecção Civil tendo, praticamente sozinho, elaborada a Carta Municipal de Protecção Civil do Município de Torres Novas, uma das primeiras oito do País.

Com a sua experiência ajudou, ainda, sempre de forma voluntária, outros municípios vizinhos, porque voluntário de alma e de coração.

O seu nome fica indelevelmente ligado a Cabo Verde em geral e, em particular, à Ilha Santo Antão.

Foi ele, no âmbito do processo de Geminação entre o Município de Torres Novas e o da Ribeira Grande, que criou os primeiros bombeiros voluntários de todo o país irmão. Associado a tudo isso instalou, ainda, as primeiras estruturas da Protecção Civil de toda a linda Ilha de Santo Antão.

Ilha que ele adorava.

Também através dele e não só, foram para Santo Antão muitos instrumentos e equipamentos fundamentais ao exercício do voluntariado. Os primeiros fardamentos, foram, seguramente, os primeiros em todo o território crioulo, tal como se vê na foto.

Foi uma vida cheia a do Xico Paiva, pautada sempre pela ajuda ao outro e que deixou marcas bem expressas.

Que descanse em Paz!

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados