SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 15 Junho 2021, 20:52

Pela primeira vez Tomar Venceu Taça do Ribatejo

Domingo, dia 13, foi o dia da grande final da Taça do Ribatejo, disputada entre a União de Tomar e a Associação Desportiva de Mação no Complexo Desportivo do Bonito, no Entroncamento. A partida teve casa cheia, num ambiente de uma verdadeira final, onde quem acabou por sair mais feliz foram os nabantinos ao vencer os campeões distritais por 2-1. A primeira oportunidade de golo foi para o Mação, logo aos 2 minutos de jogo, mas quem acabou por chegar primeiro ao golo foi a União de Tomar, por intermédio de Luis Alves, aos 7 minutos. O golo veio dar ânimo à partida, uma vez que o Mação foi intensificando o seu jogo para poder dar a volta ao resultado e tratando-se de uma final, o Tomar tentava a todo o custo segurar a vantagem. A primeira parte foi decorrendo com um grande equilíbrio entre as equipas e o Tomar seguiu para o intervalo em vantagem. A segunda parte, foi, tal como era de esperar bastante intensa. O Mação entrou bem no jogo e restabeleceu a igualdade aos 52 minutos, através de uma grande penalidade, bem assinalada pela equipa de arbitragem, em que Bruno Lemos aproveitou para fazer o primeiro golo da sua equipa. Com o resultado novamente em aberto, tudo era possível e foi-se assistindo a um Mação superior em determinados momentos, mas um adversário muito rápido no contra-ataque que ia causando perigo à defesa da Associação Desportiva de Mação. Aos 80 minutos, os campeões distritais tiveram uma grande oportunidade de fazer o segundo golo, num lance em que o jogador Freitas em frente ao guarda-redes rematou por cima da baliza. A verdade é que equipa que não marca sofre, e assim aconteceu. Ao minuto 83, Wemerson, do União de Tomar, num contra-ataque isola-se, chegando perto da área, o guarda redes, hesitou em sair e o camisola 11 rematou para o fundo da baliza. Nos últimos minutos de jogo, o Mação ainda se deparou com a expulsão de um dos seus Homens, Saúl, mas foi arriscando até ao fim, numa tentativa de mudar o resultado, ainda assim em vão, até porque quem podia ter alargado a vantagem foi o adversário que falhou uma grande penalidade, aos 95 minutos. No final quem levou a taça para casa foi a União de Tomar, que conquistou este troféu pela primeira vez.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2021 © Todos os direitos reservados