SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 19 Setembro 2020, 13:53

Não sei o que levar para comer na praia

Por: Fábio Carvalho

Enquanto escrevia este artigo ainda não me tinha decidido o que ia levar para comer durante o meu dia de praia que ia ocorrer num destes dias. É sempre um dilema e no final acabo sempre por levar a mesma coisa. Sandes de queijo e fiambre, panados, e para beber uns daqueles sumos de pacote. Mas desta vez apeteceu-me mudar e escolher outro tipo de lanche. Queria levar alguma coisa que ao mesmo tempo fosse fresca,
mais leve para o estômago e claro mais saudável. Foi por isso que fui fazer umas pesquisas e procurar saber que outras soluções podiam existir. As hipóteses que encontrei são muitas e podemos sempre optar por umas bem simples e práticas para quem não deseja ter muito trabalho. Podemos levar sempre pão, frutos secos, fruta, conservas (atum ou sardinha em água, polvo, mexilhão, milho e cogumelos) e hortícolas que devem estar sempre no topo das preferências pois são alimentos que não se alteram com o calor. Mas estas refeições devem ser sempre preparadas no próprio dia. Se escolherem uma salada não a devem temperar em casa. Se gostarmos mais
de sanduíches, evitar alguns tipos de pão com gordura (como pão de leite e pão de forma) e recheios que se podem deteriorar com o calor (como por exemplo, molho de iogurte, fiambre e maionese). Para ir petiscando pode levar uma mistura de frutos secos, com sementes (de abóbora, de girassol) com lascas de coco e outros frutos como cajus, amendoins, amêndoas, avelãs, nozes ou pinhões. Ou então
umas barras de cereais, ou bolachas de milho e arroz. Se levarmos fruta devemos levar a fruta inteira, pois assim resiste mais facilmente ao transporte e à temperatura. A maçã, a pera, a banana, a tangerina, a laranja e a nectarina são as mais resistentes ao calor. Não esquecer sempre de levar a geleira para conservar melhor os alimentos e mantê-los frescos. Tudo muito básico. Na geleira pode também levar iogurtes (magros) ou pacotinhos de leite para o lanche. Para beber, nunca esquecer de levar muita água. Para acompanhar as refeições não é uma solução saudável beber, por exemplo refrigerantes, ou bebidas alcoólicas, porque são
muito desidratantes e altamente calóricas. Se o fizer, sempre com moderação. Pode-se optar por exemplo, por sumos de fruta naturais ou chá. Quem quiser dar-se mais ao trabalho encontrei algumas receitas como bolinhas proteicas de chocolate e coco ou salgadinhos de batata doce. É só pesquisar a receita pela internet que o google ajuda. Aliás na internet encontram-se inúmeras outras receitas.
No fim da minha intensa pesquisa, lá me decidi sobre o que levar. Uma coisa simples, mas fresca e saborosa. Uma salada de atum no frasco. Juntei-lhe ervilhas, milho, um ovo cozido, cogumelos e claro o atum. Não levei nenhum tempero, não me apeteceu. Para beber levei água, obviamente, e um chá verde de limão e camomila. Levei também umas barras de cereais e uns snacks de frutos secos para ir roendo. Comer algo saudável num dia de praia, ou noutro dia qualquer, é sempre o mais aconselhável. Mas estamos de férias e eu digo sempre que o mais importante é não exagerar, por isso coma o que lhe apetecer e mais do que tudo, passe um dia de praia muito feliz.

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados