SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Domingo, 5 Julho 2020, 05:13

Assembleia Municipal votou a criação da nova empresa de tratamento de resíduos

A 2 de abril a Assembleia Municipal votou a criação da empresa que vai substituir a Resitejo, a RSTJ, Gestão e Tratamento de Resíduos. A empresa também irá ficar a gerir o canil. A criação da nova empresa, que irá substituir a Resitejo, que até aqui tem feito a recolha e tratamento de resíduos, resulta de uma obrigação legal. Sobre isso todos os partidos manifestaram a sua concordância. Porém, quanto aos estatutos da nova empresa, as interpretações dividiram-se. Nuno Guedelha, da CDU, deu o mote, anunciando que a sua bancada não os votavam favoravelmente. Sobre esses, disse, «o articulado suscita muitas dúvidas, nomeadamente relativo ao seu objeto. É inaceitável para a CDU a entrega do sistema em baixa», dizendo ainda que estão preocupados por se deixar aberta a porta à privatização.

 

Ler mais na edição impressa…

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Ler Mais...
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados