SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Sábado, 11 Julho 2020, 22:47

Maestro do Choral Phydellius sonha em fazer “Carmina Burana” nas Festas do Almonda

Corria o ano de 2007 quando Júlio Clérigo, na qualidade de Presidente do Choral Phydellius, abordou João Branco, procurando auscultá-lo sobre o interesse que teria em ser maestro do Choral Phydellius, pois José Robert iria deixar a sua direção. João Branco nunca tinha ouvido o coro, mas conhecia a sua reputação. O final desta estória, já é História. João Branco tornou-se o maestro do Choral Phydellius e “O Almonda” assinala os dez anos desse acontecimento com uma entrevista ao maestro. Os pais de João Branco são naturais da Brogueira, Torres Novas, por isso viu no convite uma oportunidade de se religar às raízes, trabalhando com uma instituição da sua terra natal. Lembra-se que gostou do que encontrou, encontrando uma estrutura e coralistas que poderiam ser «uma boa base para um projeto artístico», recordou a “O Almonda”.

 

Ler mais na edição impressa…

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Ler Mais...
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados