SEMANÁRIO REGIONALISTA DE TORRES NOVAS | FUNDADO EM 1918 | ANO CI | Diretor: Nuno Vasco Batista Nunes | Terça-feira, 24 Novembro 2020, 01:14

“Que se lixe a troika! Queremos as nossas vidas!” também em Torres Novas

Centenas de milhares de pessoas manifestam-se no último sábado um pouco por todo o país, de Norte a Sul, de Braga a Portimão, no âmbito do protesto “Que se lixe a troika! Queremos as nossas vidas!”. Em Torres Novas eram pouco mais de 100 os que se manifestaram.

Na base da contestação está aquilo que o movimento apelida de degradação das condições de vida na sequência da intervenção externa.

Os manifestantes não foram contabilizados, mas as manifestações nas cerca de 40 cidades em que houve protestos apontam para que centenas de milhares se tenham manifestado este sábado contra a troika e as medidas do Governo.

Os signatários do protesto já afirmaram que a manifestação de sábado pretende ser o “início de uma revolta popular pacífica” contra as políticas “criminosas e de saque” e uma oportunidade para todos dizerem “basta!”.

Este protesto contra as novas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo chegou a Torres Novas e pelas 17 horas começaram a juntar-se as primeiras pessoas na Praça 5 de Outubro.

Ao longo de cerca de uma hora e meia foram várias as vozes que se fizeram ouvir em protesto e manifestando o descontentamento contra o Governo.

A iniciativa foi divulgada através das redes sociais, nomeadamente no facebook e em Torres Novas, partiu de Carmo Patrocínio.

Apesar de esperar uma maior participação das pessoas, esta professora disse a O Almonda que juntamente com as mais de 100 pessoas que marcaram presença, “podemos fazer ainda muito melhor”.

“Há todo um arrastar de situações… Ouço os nossos governantes dizerem autênticas barbaridades. Parece puro cinismo. A gota de água foi ouvir a entrevista do nosso ministro das finanças. Foi ele que me fez lançar o desafio através do facebook”, justificou quando lhe perguntámos porque razão desafiou os torrejanos a fazerem uma manifestação também nesta cidade.

Célia Ramos

Partilhe!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Share on reddit
Reddit
Jornal O Almonda, 2020 © Todos os direitos reservados